Linos DIgital é
bg-3
Compartilhe
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram

Facebook e Instagram, um mar de gatinhos, receitas e vídeos irresistíveis

Contar histórias é uma das melhores maneiras de transparecer a identidade da sua marca e os valores e diferenciais do seu trabalho.

Um dos grandes desafios da maioria das empresas hoje em dia é conseguir se destacar o suficiente entre um oceano de imagens chamativas, vídeos de gatinhos e receitas de guloseimas irresistíveis enquanto seu clientes e leads navegam pelas redes sociais.

É complicado, a gente sabe, afinal quem não quer ver aquele vídeo do bebê engraçado? Ou do cachorro que foi resgatado em um estado terrível e no fim das contas era lindo? Ou simplesmente aquela pessoa fazendo algo incrível que não dá pra ignorar.

É por isso que aqui na Linos estamos sempre buscando novas maneiras de contar histórias, maneiras que consigam se destacar de todo conteúdo disponível nas redes sociais, mas sem perder a essência e o objetivo principal.

E uma das melhores maneiras de fazer isso, principalmente se o seu objetivo é compartilhar conteúdo de qualidade no Facebook ou no Instagram, é através de conteúdo por vídeo.

Vídeos contam histórias

Os vídeos, independente do formato ou da qualidade de produção tem uma vantagem intrínseca enorme perante as postagens comum por foto: narrativa. Por mais curto que seja, por ser uma sequência visual, um vídeo pode contar uma história sem nenhum elemento de apoio, como um texto por exemplo.

Então se você quer simplesmente apresentar, contar ou mostrar algo, não tenha dúvidas, um vídeo é a pedida certa. Todo mundo já ouviu aquela frase “uma imagem vale mais que mil palavras”, pois veja bem, nos dias de hoje, enquanto estamos expostos a informação de todos os tipos e de todos os formatos, é bem provável que um vídeo também valha mais que mil imagens.

Eles chamam mais atenção

Nossos olhos buscam movimento, é como nos situamos, como percebemos nossa realidade, os movimentos ao nosso redor são a base da nossa percepção e é através deles que definimos situações e tomamos decisões, conscientes ou não.

O nosso cérebro pode traduzir o movimento ao nosso redor em muitas coisas, inclusive em situações extremas, como perigo, por isso, é muito mais fácil notar algo quando esse algo está em movimento. Sendo assim, um vídeo sempre terá muito mais chances de ser notado em meio ao caos das timelines do que uma imagem.

O áudio faz toda a diferença

Quem nunca escutou “vou mandar por áudio porque fica mais fácil de explicar”, pois é, fica mesmo. Uma mensagem de áudio pode passar muito mais informação em um curto período de tempo, simplesmente porque a compreensão verbal auditiva é mais rápida do que a visual escrita, ou seja, escutar é mais fácil do que ler.

Mas muito além da comunicação verbal, o áudio de um vídeo tem outra poderosa vantagem: música. É o velho “entrar no clima”, certas músicas e melodias ativam memórias e provocam sensações que são capazes de induzir sentimentos e sensações nos ouvintes e isso pode ser usado de maneira simples para “ambientar” o seu público ao tom da sua mensagem.

Mas o que mostrar exatamente?

Talvez essa seja a pergunta que mais respondemos aqui na Linos quando o assunto é conteúdo ou peças para as redes sociais, o que mostrar exatamente? O que as pessoas querem ver? O que pode dar mais resultados? A resposta não é simples, mas é clara: tudo.
Simplesmente tudo o que você achar interessante e relevante pode vir a ser algo que também será interessante e relevante para o seu público.

Pense bem, você realmente quer, conscientemente, saber sobre tudo aquilo que assiste diariamente enquanto navega pelas redes sociais ou pela internet? Provavelmente não.

Ninguém acorda pensando em “10 coisas incríveis para fazer com um palito de dente” ou “10 maneiras inusitadas de cortar uma melancia”, mas por alguma maneira, esses conteúdos são assistidos, curtidos e compartilhados.

Isso acontece porque alguém viu valor neste tipo de material antes e decidiu investir nisso e o seu conteúdo deve passar pelo mesmo processo, pois você já sabe onde está o valor naquilo que você faz.

Ou seja, a partir do momento que você acha algo interessante sobre o seu serviço, produto ou simplesmente sobre a rotina do seu negócio, é muito provável que outras pessoas também vão achar.

Mas e o próximo passo? Checklist do vídeo!

Construir um vídeo pode parecer intimidador mas na verdade, conferindo apenas esses 10 passos você já consegue garantir uma boa qualidade e compartilhar algo que com certeza vai chamar a atenção de alguém. Vamos lá:

  1. A mensagem do seu vídeo é clara? Ele transmite o que você queria?
  2. O áudio está claro e fácil de escutar? A trilha está em um bom volume?
  3. O formato e a resolução estão de acordo com onde você vai postar?
  4. A duração do vídeo e o tamanho do vídeo estão de acordo com o necessário?
  5. É possível identificar que o seu vídeo é seu?
  6. Você gostou do seu vídeo?

Se o seu vídeo passou por esses 6 passos sem problemas, pode ficar tranquilo e publicar, pois você fez um bom trabalho. Agora, caso tenha identificado algum problema em qualquer um desses passos, cuidado, talvez seja necessário algum ajuste ou outro, afinal, você quer sempre entregar o melhor possível.

Faça tudo de novo!

E é claro que quando o assunto é conteúdo e redes sociais, não basta fazer apenas uma vez, converse com o seu público sempre que possível e compartilhe tudo que achar interessante, quem sabe o próximo conteúdo de sucesso já não está circulando aí na sua volta?

Quer receber mais dicas sobre esse assunto, sobre marketing digital ou sobre a Linos? Assine nossa newsletter clicando aqui.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ASSINE A NEWSLETTER